Balde de água = exposição… oi? – Parte II

Agora que você entendeu os três pilares da exposição, vamos falar um pouco da influência desses na sua foto.
 
Tempo de exposição
 
Quando você usa um tempo de exposição alto (quanto maior o tempo de exposição, por mais tempo a cortina da sua câmera continuará aberta), você está deixando entrar mais luz, mas permite ao seu objeto “manchar” a sua imagem se esse estiver em movimento. Sabe a foto daquela cachoeira com a água lisinha, parecendo até um tapete? Isso se deve à baixa velocidade (maior tempo de exposição da sua câmera).
 
Quer fotografar aquela bexiga cheia de água no momento que ela estoura? Aumente a velocidade (diminuindo o tempo de exposição) para capturar o momento exato!
 
Resumo:
Velocidade alta – baixo tempo de exposição – congela o movimento
Velocidade baixa – alto tempo de exposição – mancha o movimento
 
Abertura do diafragma
Uma grande abertura do diafragma (ex.: f/2.8) pode enaltecer o seu objeto deixando o plano de fundo fora de foco e apenas o que você realmente quer focado. Já uma pequena abertura (f/22) vai trazer todo o detalhe da sua composição nas mais diversas distâncias, desde aquela árvore perto de você até aquela montanha a quilômetros de distância.
 
Resumo:
Abertura grande (ex.: f/2.8) – foca apenas o seu objeto, deixando o fundo todo fora de foco
Abertura pequena (ex.: f/22) – deixa todos os objetos da sua composição focados
 
ISO
Quanto maior o ISO, sua imagem apresentará um maior ruído (lembre-se que já tivemos um post explicando o que é ruído…). Sim, aumentamos intencionalmente o ISO muitas vezes quando queremos congelar o movimento ou evitar que a câmera treme, em ambientes com pouca luz.
 
Resumo:
Quanto maior o ISO, menor o tempo de exposição necessário ou menor abertura do diafragma necessário (ou os dois!), e claro, mais ruído!
Quanto menor o ISO, sua imagem terá menos ruído, mas em contrapartida, teremos um tempo de exposição maior (menor velocidade do obturador) e maior abertura do diafragma.
 
O resultado do ISO varia não apenas em relação ao valor escolhido, mas também depende do equipamento. Isso quer dizer que em diferentes equipamentos, um mesmo valor de ISO pode apresentar diferentes intensidades de ruídos.
 
Qualquer dúvida sobre esse assunto, fique à vontade em perguntar!
 
Abraços,
Lucas Bitar

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: